F3M associa-se à campanha bracarense Juntos pelo comércio para ajudar a dinamizar a economia local

2020-12-03

Os colaboradores da F3M que façam as suas compras de Natal no comércio tradicional vão receber um apoio monetário que permitirá cobrir despesas efetuadas. A iniciativa, que pretende dar um novo impulso ao comércio tradicional local, vai ao encontro do apelo de responsabilidade social lançado pela Associação Comercial de Braga (ACB), que incentivou empresários do concelho a apoiarem este setor, um dos mais afetados pela atual crise pandémica.

A F3M irá assim oferecer, a cada colaborador, um valor monetário fixo, utilizado para cobrir a aquisição de produtos, bens e serviços em estabelecimentos comerciais tradicionais durante a época natalícia, contribuindo, dessa forma, para dinamizar e revitalizar a economia local. 

"O pequeno comércio é, sem dúvida, um dos mais afetados e um dos que mais está a sofrer com esta situação de pandemia. Por isso, quisemos fazer a nossa parte e dar o nosso contributo para que o Natal possa ser, na medida do possível, um pouco mais animador e otimista para todos", refere Pedro Fraga, CEO da F3M.

"Com este gesto, que, para nós, pretende ser também simbólico e ao qual os nossos colaboradores se associaram desde a primeira hora, queremos evidenciar a nossa postura ativa, dinâmica e de apoio à comunidade e ajudar, no que for possível, para minimizar o impacto desta pandemia que, a todos, nos tem afetado de alguma forma, esclarece ainda o responsável.

O agravamento da situação pandémica no país e as medidas mais restritivas para travar o vírus estão a ter um impacto forte na economia nacional. Os últimos dados divulgados pelo Banco de Portugal revelam que o endividamento da economia portuguesa voltou a subir para 738 milhões de euros, estando prevista, para os últimos meses do ano, uma nova uma contração na curva de crescimento da economia. 

Voltar Ver todas